domingo, 5 de fevereiro de 2017

Rede de artesãos cria marca local

Projeto de empreendedorismo pretende fortalecer a cadeia produtiva, fomentar o turismo e o desenvolvimento econômico.

Por Gracielle Nocelli 
*matéria publicada no jornal Tribuna de Minas do dia 15/01/17




Juiz de Fora deu o pontapé inicial para a criação de um circuito de marcas locais de artesanato. A ideia foi desenvolvida durante o projeto Empreendedorismo Criativo Conectado, realizado no ano passado com artesãos da cidade, e começou a ganhar forma com o lançamento da primeira coleção do trabalho “Memórias JF”, que reúne peças artísticas que retratam a história do município. A iniciativa pretende fortalecer a cadeia produtiva, fomentar o turismo e o desenvolvimento econômico.

A artesã e idealizadora do “Memórias JF”, Josy Amaral, conta que a ideia de transformar história em arte era um desejo antigo. “Já tinha essa vontade há muitos anos, e a participação no projeto Empreendedorismo Conectado me deu a oportunidade de desenvolvê-la dentro da iniciativa de criação de um circuito de marcas locais.” O projeto, realizado pelo Studio Dialeto, ofereceu capacitação aos artesãos em temas como identidade, planejamento estratégico, processo criativo, apresentação e exposição dos produtos, atendimento ao cliente, e estimulou a organização dos profissionais para a consolidação do setor.

A primeira coleção do “Memórias JF” reuniu uma equipe de cinco artistas, liderada por Josy, para o desenvolvimento de produtos que retratassem o empreendedorismo da cidade baseado em Pantaleone Arcuri. Quadros feitos com diferentes técnicas, ecojoias, esculturas, bolsas, bótons e outras peças integram o acervo, que está à venda na loja Traços de Minas. “A receptividade do público tem sido muito boa. As pessoas da cidade se interessam em ver as nossas raízes, e os turistas gostam de poder levar um pouquinho de Juiz de Fora para casa. Todos comentam que faltava uma marca deste tipo no mercado”, diz Josy.

Segundo ela, ainda este mês será definido o tema da segunda coleção “Memórias JF”, que tem lançamento marcado para 31 de março. “Novamente vamos abrir inscrições para que os artesãos interessados possam participar do trabalho de pesquisa e produção. A ideia é aumentar esta rede de profissionais, assim como a captação de espaços para prospecção de consumidores. Pretendemos buscar parcerias para levar as coleções para eventos de turismo e, também, junto às empresas locais que possam oferecer as peças como brindes. Queremos mais pessoas abraçando este trabalho.”

A gerente do departamento de incentivo ao turismo da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), Tatyana Herdy Hill, afirma que a iniciativa é muito positiva para o município. “A produção associada ao turismo é muito valorizada e cria uma identidade local. Ela permite conhecer melhor a produção que é feita aqui e ter uma referência sobre a nossa história e tradição. O turismo é um importante vetor da economia, e temos total interesse em apoiar a divulgação deste tipo de iniciativa.” Para o assessor de turismo da PJF, Marcos Henrique Miranda, o circuito de marcas artesanais da cidade é inovador. “Juiz de Fora carece deste tipo de produto, que é o que o turista quer, algo único, desenvolvido de forma criativa. Neste sentido, os artesãos podem contribuir de forma muito efetiva.”

A coordenadora do projeto Empreendedorismo Criativo Conectado, Wanessa Bittar, enxerga de forma satisfatória os primeiros passos para a criação de um circuito de marcas artesanais. “É um primeiro resultado da ação de fomentar a economia criativa na cidade.” Segundo ela, o projeto será mantido este ano com reformulações, consolidando a rede de network entre os artesãos. “Os participantes do grupo compartilham conhecimentos de forma a aumentar o aprendizado e a experiência, fortalecer o portfólio de projetos com foco colaborativo e a marca profissional.”

Também para 2017, o Studio Dialeto criou um novo projeto, intitulado Empreenda Conhecimento, para incentivar o desenvolvimento de ideias empreendedoras embrionárias com foco socioambiental. Nesta segunda-feira (17), será realizada palestra de capacitação e, também, será divulgada a ideia selecionada para receber estruturação e apoio para ser desenvolvida. Outras informações podem ser obtidas no endereço www.studiodialeto.com.br/empreenda-conhecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails