terça-feira, 12 de março de 2013

Museu de Arte Sacra (II): Imagens Sacras

Dando continuidade ao nosso relato sobre a visita ao Museu de Arte Sacra de SP (o primeiro post da série está aqui), vamos focar agora em algumas peças que, pra gente, foram destaque.

No primeiro post, a gente já falou do tamanho do acervo do lugar, né? São mais de 18 mil peças, entre brasileiras e estrangeiras. A grande maioria, em barro cozido ou madeira - materiais mais comuns da época em questão. Além dos santos, há mobílias, peças de decoração e algumas pinturas ocupando as paredes da ala esquerda térrea do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, onde encontram-se as principais obras. Ainda ali, na antiga casa do Capelão, está exposto o Acervo de Presépios - que ainda vamos mostrar por aqui. A parte mais antiga do complexo foi construída por Frei Galvão, em cuja igreja estava acontecendo uma missa enquanto fazíamos a visita.

Anjo Tocheiro - séc. XVIII - madeira policromada - MG

Enfim, em resumo, são retábulos, altares, oratórios, livros raros, pratarias, ourivesaria, mobiliário, telas, objetos, vestimentas litúrgicas e, finalmente, as imagens sacras. Vamos mostrar algumas delas aqui para que vocês possam admirar com a gente - lembrando que muitas estão expostas atrás de um vidro, ok?

Vale reparar em alguns detalhes durante esse "passeio". Destacamos, primeiramente, a estamparia das roupas pintadas, quase sempre com motivos florais, minuciosamente coloridas, em meio a toques de ouro. A presença do ouro, inclusive, é constante. Observamos, ainda, a mistura de barro ou madeira com tecido, em algumas obras. Os sinais da policromia na maioria das peças, principalmente em alguns cliques mais próximos. E, por fim, reparem na expressão dos olhares, tão verdadeira e tão sensível no trabalho da época.

Clicando nas fotos, é possível ver em tamanho maior. Vamos?


Nossa Senhora com Menino Jesus - séc. XVII - barro cozido e policromado - SP

Santo Amaro - séc. XVII - madeira policromada - RJ

São Francisco de Paula - séc. XVII - barro cozido policromado - SP
  
Nossa Senhora da Dores - fim do séc. XVII - barro cozido policromado - SP



Detalhe - Nossa Senhora das Dores

 
Sant'Ana Mestra com Nossa Sra. Menina - séc. XVII - barro cozido e policromado - SP
 
Detalhe - Sant'Ana Mestra com Nossa Sra. Menina

Detalhe - Sant'Ana Mestra com Nossa Sra. Menina

Santa Luzia - primeira metade séc. XVII - barro cozido policromado - SP
 
Nossa Sra. das Dores - séc. XVIII - madeira policromada e tecido - Portugal

Nossa Sra. da Conceição - séc. XVIII - madeira policromada - Portugal

Detalhe - Nossa Sra. da Conceição

Santa Virgem - séc. XVI - madeira com vestígios de policromia - Espanha
 
São Miguel - séc. XVIII - madeira policromada - SP

São José - séc. XVIII - madeira policromada - SP

Detalhe - São José

Detalhe - São José

Detalhe - São José
 
São Joaquim - séc. XVIII - madeira policromada e tecido - SP

Detalhe - São Joaquim
 
Nossa Sra. da Consolação - séc. XVIII - estuque e madeira policromada - Portugal

Detalhe - Nossa Sra. da Consolação

Detalhe - Nossa Sra. da Consolação

São Roque - séc. XVIII - madeira policromada - SP
Detalhe - São Roque
   
São José de Botas - séc. XVIII - madeira policromada - SP (em oratório do séc. XVIII, em madeira policromada, SP)

Detalhe - São José de Botas e Oratório

Nossa Sra. do Calvário - séc. XIX - madeira policromada, tecido e olhos de vidro - SP
 
Coração de Jesus - séc. XVIII - madeira policromada e tecido - SP
Detalhe - Coração de Jesus


São Pedro Papa - séc. XVIII - madeira e prata - MG

São Paulo - séc. XVIII - madeira policromada e dourada - Portugal 

São Bento - séc. XVIII - madeira policromada - SP

Sant'Ana Mestra - séc. XVIII - madeira policromada - MG
Detalhe - Sant'Ana Mestra
Detalhe - Sant'Ana Mestra
  
Alguma preferida?
Lembrando que a nossa coleção de imagens sacras está disponível na loja virtual, já conhecem? É só clicar aqui!

No próximo post, especial de Oratórios! 
Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails